Depressão – Você sofre com depressão?

Em 09/05/2016 , Comments

Depressão – Você sofre com depressão?

Em primeiro lugar, você não deve confundir depressão com tristeza. Enquanto a tristeza é uma emoção, a depressão é uma doença que deve ser levada muito a sério.

Afinal, a depressão consegue destruir cada pedaço de motivação dentro de você, lhe deixando com fraqueza e total introspecção.

Entenda e depressão com base em duas palavras: duração e severidade. Quando a pessoa está com depressão, se sente triste a todo momento e não consegue sair desse mundo nefasto. A severidade está relacionada ao modo como a depressão lhe suga, porque domina mente e  corpo.

Sinais de que esse mal está dominando você

O primeiro sintoma de depressão é a desmotivação em encontrar um motivo de sorrir, rir, se interessar pela sua vida. Claro que é normal ficarmos chateados quando acontece algo triste; entretanto, essa melancolia e tristeza tendem a ser passageiras.

Pergunte a si mesmo quando foi a última vez que ficou feliz. Dependendo da resposta, você conseguirá perceber que algo não está bem. O sentimento de inutilidade também é muito frequente, em que a pessoa se sente desesperançosa, pensando que é um “peso morto” na vida de todo mundo e dela mesma. O sentimento excessivo de que tudo é a sua culpa também denota um sintoma característico da depressão.

Os pensamentos confusos tomam conta do indivíduo, que acaba perdendo interesse nas atividades que tanto gostava, esquecendo-se de compromissos e responsabilidades, além de apresentar inquietação constante, cansaço sem motivo aparente e incapacidade de relaxar. O pensamento suicida também é um sintoma comum e perigoso.

Como superar a depressão

Felizmente, quando a depressão é constatada rapidamente, o índice de cura é muito alto. Os tratamentos mais indicados são a medicação com antidepressivos, terapia ocupacional e sessões com o terapeuta e com o psiquiatra.

É essencial que você reconheça que necessita de tratamento, porque é melhor assumir e admitir o quadro, para contar com a ajuda de profissionais. A depressão precisa ser diagnosticada, para evitar que a medicação seja feita em pacientes que não apresentam sintomas, logo, a automedicação é totalmente contraindicada – inclusive para casos mais leves.

Vídeo – Meditação: como sair da depressão

A meditação consegue fazer com que o cérebro entre em uma onda chamada alfa, capaz de nos deixar calmos e mais relaxados. O importante é que você consiga relaxar da forma que você achar melhor, sobretudo em quadros depressivos.

Logo, se quiser meditar, recomenda-se que você encontre um lugar confortável, com pouca luz e mínimo de barulho para você se concentrar primeiramente na sua respiração, para que entre no ritmo do seu batimento cardíaco, relaxando o corpo. Em seguida, se você quiser e achar necessário, é interessante que você pronuncie mantras para atingir o estado mental.

A meditação serve, principalmente, para você conseguir aliviar o estresse e a ansiedade e fazer com que as emoções voltam ao lugar. Por outro lado, é uma ótima forma de refletir e se aprofundar no autoconhecimento.

Pesquisas já indicaram que a meditação pode ser uma atividade complementar a tratamentos médicos, principalmente aqueles relacionados à depressão, ansiedade e insônia.

A depressão é algo sério, porque atinge a sua mente e seu estado de espírito. Por isso, cuide-se.

Se você quiser saber mais como praticar a meditação basta você cadastrar seu e-mail aqui no site, para receber os nossos conteúdos exclusivos, como áudios, vídeos, aulas, e muito mais!

Ah, e se gostou, deixa o seu comentário aqui embaixo! Até a próxima!

Fonte

Hy Pescience